O fluxo intenso é uma marca do trânsito nas grandes cidades, o que já fez diversas capitais do país repensarem a mobilidade urbana e suas possibilidades. Porto Alegre, por exemplo, ganha cada vez mais ciclovias, e os meios de se locomover, afora de carros, ônibus e motos, já aumentaram significativamente. 

O primeiro aplicativo a aparecer por aqui foi o Itaú Bike POA, que opera desde 2012 e já conta com 410 bicicletas em 41 pontos de compartilhamento espalhados pelo município. Mas ele já não é o único! Neste post da Auxiliadora Predial, conheça as novas alternativas de mobilidade em Porto Alegre:

 

Aluguel de bicicletas e patinetes Yellow

A Yellow chegou em Porto Alegre em fevereiro deste ano e opera em uma área de 12 km², que envolve os bairros Moinhos de Vento e Cidade Baixa. Depois de retiradas, elas podem ser deixadas em qualquer ponto da cidade dentro do raio de atuação. Os patinetes também podem ser deixados em qualquer lugar dentro da área, mas têm horário de funcionamento: entre 7h e 21h. O preço é R$ 2,00 a cada 20 minutos para as bikes, e R$ 3,00 o desbloqueio + R$ 0,50 a cada minuto de uso para patinetes. As corridas podem ser pagas com cartão de crédito ou dinheiro.

Quer saber mais?

Baixe o app: para Android e para iPhone.

 

Aluguel de patinetes Grin

A Grin é uma startup mexicana de mobilidade urbana que também deu as caras por POA em fevereiro. O custo é de R$ 3,00 para o desbloqueio e primeiro minuto + R$ 0,50 por minuto rodado. Para experimentar a plataforma, a primeira corrida de até 10 minutos é gratuita! O horário de funcionamento é das 7h às 22h. Cadastro, pagamento e liberação dos patinetes, restritos a maiores de 18 anos, são realizados por meio do aplicativo da Grin. Nele, você também pode conferir os locais conveniados com o comércio local para a retirada ou entrega dos equipamentos disponíveis nos bairros Moinhos de Vento, Rio Branco, Independência, Floresta, Auxiliadora, Farroupilha, Cidade Baixa e Bom Fim.

Quer saber mais?

Baixe o app: para Android e para iPhone.

 

Aluguel de bikes Loop

Criada em 2015, a Loop se autodescreve como “o primeiro bike-sharing de estações virtuais da América Latina”. Para usar as bicicletas, os usuários devem baixar o aplicativo da Loop, fazer o cadastro, escolher o plano de pagamento e destravar virtualmente o cadeado das bikes em um dos mais de 20 pontos da capital. Você pode conferir os locais de desbloqueio e os valores dos planos diretamente no aplicativo!

Quer saber mais?

Baixe o app: para Android e para iPhone.

 

Gostou dessas novidades? Baixe os aplicativos, experimente e nos conte como foi! Nós, da Auxiliadora Predial, adoramos. Não é de POA? Venha para a capital e aproveite tudo isso em um dos imóveis da AP seja aluguel ou venda!