Com as quedas na temperatura, aumenta a necessidade de deixarmos a casa quentinha. Mas, quando não tomamos o devido cuidado, isso pode significar também o aumento da nossa conta de luz. Com pequenos ajustes na nossa rotina, é possível driblar esse efeito e economizar mesmo nos meses mais frios.

Quer descobrir como? A gente, da Auxiliadora Predial, vai te ajudar! Leia este post e saiba como economizar nas contas de casa durante o inverno:

 

De olho no chuveiro

Os banhos quentes em chuveiros elétricos são os principais gastos na conta de energia do outono e inverno. Eles podem ser responsáveis por até 35% do valor de uma conta de luz. Para não ter surpresas negativas por conta disso, diminua o tempo do banho: chega de banhos de 15 minutos ou mais! Tente reduzir para, no máximo, 10 minutos por membro da família. Outra dica é, se possível, trocar o chuveiro principal da casa por um modelo a gás — mais eficiente e que gera menos gastos.

 

Na lavanderia

No inverno, as roupas costumam demorar mais para secar — e também demoram mais para sujar, geralmente. Evite o uso de secadoras e não coloque roupa para secar atrás da geladeira (essa prática consome muita energia, e é perigosa). Programe-se bem para lavar as roupas uma vez por semana e lave somente quando necessário. Além disso, opte por programas mais curtos de lavagem.

 

Geladeira mais econômica

Fique atento à geladeira. Você pode economizar muito diminuindo a potência dela no frio. Com as baixas temperaturas, ela consegue manter-se estável por mais tempo e não precisa fazer tanto trabalho para gelar seus alimentos. E só a abra quando souber o que quer pegar. O abre-e-fecha do refrigerador é um dos maiores vilões de quem deseja economizar energia.

 

Outras pequenas dicas

Mantenha os vidros abertos e priorize a luz natural e o calor do sol. Embora estejam mais fracos, seus raios ajudam a melhorar a sensação térmica da casa sem precisar de estufas, aquecedores e ar-condicionado no modo quente. Aposte também em mantas quentinhas nos sofás; preferencialmente de tecidos naturais, como lã e algodão, pois absorvem mais calor do que os sintéticos, além de serem mais confortáveis. Evite lençóis térmicos.

 

Seguindo essas dicas, você não vai extrapolar nas contas! Você tem mais alguma sugestão de economia na luz elétrica? Conte para a gente nos comentários!