A maior e mais tecnológica capital do Brasil também é cheia de fatos surpreendentes que talvez você ainda não tenha ouvido. Por exemplo, você sabia que a cidade foi fundada por acaso? E que foi a primeira do país a receber uma partida de futebol?

Isso (e muito mais) a gente conta pra você aqui, neste post! Leia e confira 6 curiosidades de São Paulo que talvez você ainda não conheça:

 

Fundada “por acaso”

Quem vê São Paulo não imagina que seu nascimento, em 1553, se deu pela construção de uma cabaninha de pau a pique para a realização do trabalho missionário de treze jesuítas. Os padres vieram cristianizar os índios que habitavam as terras entre os rios Tamanduateí e Anhangabaú. A cerimônia oficial da fundação só aconteceu no ano seguinte, em 1554, no aniversário da conversão do apóstolo Paulo, que deu nome à cidade. 

 

Berço da paixão nacional

A primeira partida de futebol do país aconteceu em solo paulistano: na Várzea do Carmo, hoje parte do bairro do Cambuci. No dia 14 de abril de 1895, o São Paulo Railway, time de Charles Miller com mesmo nome da primeira estrada de ferro paulista, jogou contra a equipe da Companhia de Gás. Os dois times eram formados por ingleses que moravam em São Paulo e trouxeram o esporte para cá.

 

Japão do Ocidente

Aproximadamente 326 mil descendentes de japoneses moram em São Paulo, o que faz dela a cidade mais japonesa fora do país oriental. Com esses números, Sampa seria a 56ª maior cidade do Japão! Contando com a Região Metropolitana inteira, são meio milhão de descendentes, o que tornaria a Grande São Paulo uma “cidade japonesa” de médio porte, equivalente a Nagasaki e Nagano. Na capital, eles têm um bairro especial, onde celebram-se festivais e outros eventos tradicionais da sua cultura: o Liberdade.

 

Mamma mia, é pizza demais!

São Paulo é a segunda cidade que mais consome pizza no mundo, ficando atrás somente de Nova Iorque! É sério, é MUITA pizza: os paulistanos consomem mais de 700 unidades por minuto, segundo dados do São Paulo Convention & Visitors Bureau. A demanda é tanta que a capital paulistana ganhou uma pizzaria 24h, a Al Capizza. O lugar funciona de domingo a domingo, sem fechar durante o dia e a noite.

 

Avenida não-tão-paulista

Em 1927, após a morte de Carlos de Campos, então governador de São Paulo, a Avenida Paulista trocou de nome em sua homenagem. Entretanto, os paulistanos não gostaram nem um pouco da mudança. Preocupados com a insatisfação do povo, os políticos voltaram atrás logo depois, no início da década de 1930, e o local recebeu novamente seu nome original.

 

No escurinho do São Bento

Para aproveitar uma sessão de cinema em São Paulo antes da década de 1930, era preciso se deslocar até o centro. A região era palco das manifestações culturais e reunia boa parte dos cinemas de rua da cidade, como o Cine São Bento, uma das principais salas de exibição de filmes da época. A primeira sessão exibiu o filme “Tristeza de Satanás”, um clássico americano. Em 1950, o cinema fechou as portas, mas sua fachada foi tombada como patrimônio cultural da cidade e pode ser admirada até hoje.

 

Gostou dessas curiosidades? Fique ligado aqui no blog da Auxiliadora Predial e aprenda cada vez mais sobre essa cidade encantadora, que cresce a cada dia que passa e se torna ainda mais peculiar. Tem alguma história sobre a capital paulistana para nos contar? Deixe um comentário!