Morar bem tem muito a ver com se sentir bem, né? Para isso, é necessário um ambiente aconchegante, prático e que forneça as necessidades mínimas para um conforto ideal. Igual às plantas! Você deve tá se perguntando “como assim?”, mas calma, eu já te explico. 

Nesse momento em que manter uma relação tranquila com o ambiente se faz tão importante, decidi mostrar que um Morar mais verde pode ser um lar mais feliz. Por isso, preparei algumas dicas para quem tem aquele espaço na sacada esperando pra ser coberto de vida. Mas, antes de mais nada…

 

Qual o valor do contato com o verde?

 

Esse contato é importante porque te lembra do tempo e do ciclo de tudo que é natural. Além disso, é ótimo para crianças que desde cedo já podem receber a conscientização sobre a importância da sustentabilidade: regando, vendo a diferença de cada espécie e até como se faz uma poda. 

 

Andares mais baixos

 

Grande parte das plantas se desenvolvem em locais baixos, como é o caso da Clúsia, que pode ser encontrada como arbusto ou arvoreta. Fica a dica: ela pode atingir até seis metros de altura se não tiver um cuidado especial com a sua poda. Mas, vale a pena: suas folhas brilhantes e as flores pequenas e brancas deixam qualquer canto mais tranquilo e aconchegante. 

 

Andares mais altos

 

Nestes, ainda mais se a sacada for aberta, a dica é evitar plantas com troncos finos e/ou muito altas, já que o vento pode facilmente quebrá-las. Uma sugestão interessante é a pata de elefante, que tem um tronco mais grosso, folhas fortes e uma vida mais independente da incidência de luz. 

 

Com muito vento

 

Aqui a ideia é escolher plantas mais rústicas e utilizar vasos maiores. A Azaleia e a Gardênia são exemplos de plantas que se adaptam a esse ambiente, sendo mais do tipo que tem um crescimento lento. Além disso, elas toleram com mais facilidade o frio de ambientes externos. 

Sol durante a tarde 

 

As chamadas plantas de sol pleno são as melhores opções para sacadas em que o sol reina absoluto. A Solano é um exemplo: suas flores coloridas chamam atenção de uma maneira delicada. Mas a delicadeza é só na cor, geralmente roxa. Elas aguentam muito bem, obrigada, a presença do sol, mesmo que seja o dia inteiro.

 

Escolher as plantas para a sua sacada é também um compromisso com a natureza. Cuidados básicos como irrigar, limpar e adubar são sempre importantes. Mas, como qualquer relação positiva, é tudo uma troca: fornecemos condições de vida a elas e elas nos fornecem a beleza das suas formas.